As montadoras de automóveis brasileiras foram agraciadas com mais um grande mimo do governo. Elas receberão R$ 1,5 bilhão por ano em incentivos fiscais até 2032.
E o governo assumiu um compromisso deste tamanho na canetada, por meio de uma medida provisória. A MP traz duas novidades “ecológicas”. As montadoras que aderirem ao pacote de bondades precisarão assumir compromissos de eficiência energética em questões como consumo de combustível e redução de emissões de CO2. Além disso, o projeto prevê a redução de impostos para compra de carros elétricos e híbridos, porém sem definições claras de quanto e quando isso vai valer.
Lembre que estamos falando da indústrias de fabricação de automóveis, uma das que mais afeta o meio ambiente e a saúde das pessoas no mundo todo. Mas nossa classe política não está nem aí para isso. E olha quem nem seria preciso grandes esforços e grande inteligência para fazer algo direito. Bastaria copiar o que vários países tem feito, com sucesso, para incentivar as montadoras a buscar tecnologias e soluções mais sustentáveis. Do jeito que foi feito é apenas um incentivo ao descaso com o futuro do Brasil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s