A partir de agora políticos brasileiros com mandato vigente responderão por crimes na justiça comum, assim como eu e você.
É que finalmente, depois de anos, o Supremo Tribunal Federal se disse contra o Foro Privilegiado, pelo menos da forma bizarra que esta benesse era concedida aqui no país.
Com a decisão unânime dos ministros, a partir de agora, só terão o privilégio de julgamento no STF parlamentares investigados por crimes cometidos associados ao cargo que ocupam. Qualquer outro processo irá para a justiça comum, o que aumenta demais a chance de condenação.
Com a restrição do foro, a estimativa é que 90% dos casos em tramitação no STF sejam encaminhados a primeira instância.
É claro que isso não é a solução para os problemas do Brasil. É claro também que os políticos picaretas vão tentar usar outros artifícios para manter os privilégios. Mas considero que esta decisão é mais um passo significativo para termos um país mais decente daqui para frente. Este sim, um privilégio que todos nós merecemos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s