Maia: não suje suas mãos de lama!
Este é o apelo que organizações de proteção ao meio ambiente estão fazendo ao presidente da câmara, Rodrigo Maia, para que ele não leve a votação a nova lei de licenciamento ambiental.
Pressionado pela poderosa bancada ruralista, tudo indica que ele vai levar o projeto a pauta em regime de urgência, sem a devida discussão com a sociedade, algo fundamental em se tratando de um tema tão importante e tão polêmico.
Em setembro do ano passado Rodrigo Maia se comprometeu publicamente que promoveria uma ampla discussão do tema antes de levar o projeto a votação. Mas, como o rapaz quer ser presidente da república, decidiu atropelar o próprio compromisso para não ficar de mal com a bancada ruralista.
Está turma, aliás, que seria a mais beneficiada se o texto for aprovado como está.
A partir de então estariam dispensadas de licenciamento ambiental toda e qualquer atividade agrícola, de pecuária extensiva e de silvicultura, independentemente do seu potencial poluidor, o que, de cara, agride claramente a constituição.
Faço coro ao protesto, mas não achei o slogan eficiente. Afinal, político com as mãos sujas de lama é o que mais temos em Brasília.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s