Para diminuir o número de mortes no trânsito é preciso aumentar os impostos das bebidas alcoólicas.
Para uma turma de pesquisadores da Universidade de Sevilha esta é a forma mais efetiva de combater os problemas relacionados a questão álcool versus direção.
Eles analisaram dados sobre acidentes, consumo bebidas e políticas públicas de 28 países da União Europeia. E concluíram que quanto maior o preço da birita em um país, menor o número de mortes causadas por motoristas bêbados.
Para os cientistas espanhóis, isso é mais efetivo do que implantar tolerância zero nos índices de álcool no sangue (como fazemos aqui no Brasil).
Em tempos de vacas magras nos cofres públicos aqui no Brasil aumentar os impostos das bebidas alcoólicas é um assunto que sempre volta a pauta.
E agora essa pesquisa mostra que o ganho com essa medida pode ser duplo. Aumenta a arrecadação por um lado, e diminui os custos por outro, já que impacta diretamente na redução do grande número de acidentes e de pessoas que morrem pela irresponsabilidade de gente que ainda teima em beber e dirigir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s