Como a presença do pai beneficia a vida de uma criança?
Esta foi a pergunta que a pesquisadora Kristin Nordahl quis responder em sua tese de PhD defendida na Universidade de Bergen, na Noruega.
A pesquisa levou Kristin a perceber que quanto mais o pai interage positivamente com o filho, mais habilidades sociais a criança terá.
Mas a grande descoberta é que não basta apenas ser um pai atento e sensível, é preciso passar bastante tempo com a criança, principalmente no primeiro ano de vida. Ou seja, aquela história de que apenas a qualidade da interação é suficiente não é verdade.
Aliás, pesquisas como esta, que mostram a importância da presença do pai nos primeiros anos de vida das crianças, são recentes. Até então, o foco sempre foi muito relacionado a interação com a mãe. E foram estes tantos estudos científicos que levaram a termos licenças maternidades cada vez maiores em diversos países do mundo.
A partir de seus estudos Kristin Nordahl é bem clara em aconselhar os homens para que organizem suas vidas, e principalmente sua rotina de trabalho, para que tenham tempo para os filhos. Afinal, os benefícios para os dois lados estão ficando cada vez mais evidentes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s