Trocar lâmpadas convencionais por LED. Substituir a água mineral por água da torneira. Diminuir o consumo de energia elétrica.
Em tempos de crise muitas empresas e organizações passaram a adotar medidas deste tipo como forma de corte de gastos. E lembro que mudanças assim trazem ganhos para o bolso e também para o planeta.
Até o Câmara dos Deputados entrou na onda e anunciou estas três medidas dentro de um pacote para economizar R$ 236 milhões de reais em despesas ainda em 2017. Câmara dos Deputados que nos custa R$ 1 bilhão por ano, perto de 1 milhão de reais por hora. Ou seja, adotar práticas mais sustentáveis é uma iniciativa louvável, mas ainda muito pequena perto do que poderia ser feito.
Bem que a Câmara poderia aproveitar essa onda sustentável em outras coisas muito comuns por lá. Por exemplo, que tal reciclar os políticos safados, reutilizar a vergonha na cara e reduzir os tantos privilégios canalhas e sem propósito.
Queridos deputados, isso sim seria fazer algo sustentável.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s