Nos últimos 15 anos a malária deixou de matar 6 milhões de pessoas no mundo. Na África, as taxas de mortalidade caíram em 60% desde o ano 2000.
Grande parte deste resultado veio do investimento do governo dos Estados Unidos no combate a doença, cerca de 4 bilhões de dólares desde 2005.
Mas o presidente Trump parece não estar sensibilizado com estes números e ameaça cortar investimentos no programa que, aliás, foi criado pelo último republicano a morar na Casa Branca.
Em 2004 o presidente americano George W. Bush criou a PMI (President Malaria Iniciative), programa apontado como o grande responsável por salvar essas vidas todas.
Estudos feitos por pesquisadores do mundo todo apontam que a luta contra a malária é o investimento social mais efetivo feito no mundo nos últimos anos. A estimativa é que cada dólar investido na luta contra a doença gerou 25 dólares para o planeta.
Mas estes números tão expressivos parecem não sensibilizar Donald Trump até agora, pois ele já anunciou que quer rever a participação dos Estados Unidos na luta mundial contra a malária.
A América até pode vir primeiro, mas não dá para virar as costas para o mundo de uma hora para outra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s