O escocês Andrew Carnegie é considerado por muitos o primeiro filantropo da história.
Carnegie fez fortuna nos Estados Unidos no começo do século XX, e ganhou tanta grana que podemos dizer que ele foi um dos homens mais ricos que já pisou neste planeta.
Ao mesmo tempo, o empresário sempre acreditou que era dever dos mais endinheirados ajudar aos menos favorecidos, mas sem o viés assistencialista.
Assim, quase 100 anos depois da morte dele, é possível ver o nome de Andrew Carnegie associado a diversas ações sociais e culturais no mundo. Uma delas é a Medalha de Filantropia Carnegie, um prêmio dado a pessoas cheias da grana que que se destacam por usar parte dos milhões que tem para ajudar os outros.
Este ano, nove ricaços foram escolhidas para receber a medalha, a maioria americanos. Como o casal Kristine e Douglas Tompkings, ele falecido em 2015. Com seus milhões ganhos com empresas como The North Face e Patagonia, o casal investe na compra e preservação de áreas no Chile e na Argentina.
Que o mundo tenha cada vez mais pessoas que pensem e que gastem parte de seus milhões como Andrew Carnegie e o casal Tompkings. Afinal, não dá para melhorar as coisas só com boas intenções.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s