O lítio é o principal componente para fabricação das baterias de praticamente todos os apetrechos tecnológicos que usamos hoje. Isso e o crescimento rápido do mercado de carros elétricos no mundo está fazendo com que o lítio seja chamado de “a nova gasolina”.
E esta demanda fez o preço do metal disparar mais de 200% nos últimos anos. Para a alegria de três países aqui da América do Sul. É que Bolívia, Chile e Argentina detêm a maior reserva mundial, em uma região chamada de Triângulo do Lítio.
Por outro lado, esta grande e rápida necessidade por energias limpas já mobiliza algumas iniciativas para encontrar alternativas ao lítio, afinal estamos falando de um metal extraído da natureza, portanto, uma fonte não renovável. Mas, até agora, nenhuma descoberta apareceu com potencial para substituir o lítio neste mercado bilionário de fabricação de baterias.
Então perceba a ironia. Na origem, carros movidos a gasolina e a energia elétrica tem o mesmo problema, pois as duas tecnologias dependem da exploração mineral de fontes não renováveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s